quinta-feira, 5 de maio de 2022

Perdição Troiana


Dediquei alguns anos a estudar o RPG (jogo de representação de papéis) na Educação Escolar. Defendi um mestrado sobre o assunto na Unesp/Araraquara. Em 2010 eu criei um clube de RPG na escola onde dou aula e, desde então, tenho explorado as formas de se utilizar o RPG e o larp (uma espécie de RPG e teatro do improviso).
Depois de anos estudando e jogando, estou lançando meu jogo, o larp Perdição Troiana, que aborda o fim da Guerra de Troia.
O larp é para 12 jogadores (uma pessoa organiza e as outras onze interpretarão personagens gregas ou troianas). Ou seja, cada jogador interpretará uma personagem da história, enquanto que uma das pessoas organizará os eventos que ocorrem e mudam os rumos da história.
O jogo aborda uma narrativa assimétrica, visto que os gregos se encontram como vencedores da guerra e as troianas como as sobreviventes de uma nação que foi destruída.
Toda a assimetria de poder produz uma experiência poderosa sobre o poder e suas formas de combatê-lo.
Caso queira conhecer o financiamento coletivo, só entrar no link:
https://www.catarse.me/larp_perdicao_troiana

Nenhum comentário:

Postar um comentário